Em virtude da paralisação do Sindlimp iniciada nesta terça-feira (01), a Adusb manifesta sua solidariedade à luta dos trabalhadores terceirizados da Uesb em defesa de direitos trabalhistas. São 02 meses de atraso no pagamento de salário, vale-alimentação e vale-transporte, além de 22 trabalhadores que não receberam seus direitos de férias. A Adusb considera inaceitável o desrespeito com os trabalhadores e trabalhadoras terceirizadas e se solidariza com a categoria.